Sou palestrante e autora de 4 livros, sendo que o recém lançado, “Agora é pra Valer” tem ocupado lugar de destaque nas listas dos mais vendidos.
Mas isso meus clientes já sabem; o que eles não sabem é como tudo começou.
Minha carreira como escritora foi impulsionada pela Rede Globo, em 1982, quando então eu tinha apenas 14 anos de idade.
Completávamos 100 anos de nascimento de Monteiro Lobato e a TV Globinho conduziu o concurso cultural: “Escreva para o Lobato”.
Uma comissão julgadora escolheria os vencedores que ganhariam uma viagem para o Rio de Janeiro, onde seriam recebidos no Sítio do Pica-pau Amarelo pelos próprios personagens.
Enquanto os demais concorrentes tiveram apoio dos professores, corrigindo suas redações, mandei minha carta por conta própria. Eu duvidava que outro concorrente amasse Lobato e o mundo mágico do Sítio tanto quanto eu. Então foi fácil vencer. 
Tudo foi fabuloso para a criança pobre, estudante de escola pública que eu era: conhecer o Rio de Janeiro, ficar hospedada na praia de Ipanema, visitar o Sítio do Pica-pau Amarelo, bater fotos com Narizinho, Pedrinho, Tia Nastácia, dona Benta e o Visconde de Sabugosa!
Esta experiência mexeu profundamente comigo. Naquele dia o mundo da literatura estava apenas começando a abrir as portas para mim e hoje colho os frutos das sementes que foram plantadas lá atrás, com ajuda da Rede Globo.
Agradeço o que essa emissora fez por minha autoestima e pela minha carreira.
Marcia Luz
Palestrante e escritora