Não basta apenas ser competente; o profissional precisa também parecer competente. Você concorda com isso? Ora, ora, mas o hábito não faz o monge, ou será que faz? A embalagem não define o conteúdo do presente, mas faz uma diferença!!

A questão é: como fazer marketing pessoal na medida certa, sem parecer chato aos olhos de seus pares nem “puxa-saco” aos olhos de seu chefe.

CONTINUE LENDO…