Você já descobriu qual é o seu propósito de vida? Quando estou falando de propósito refiro-me aos estudos de Victor Frankl (1991), escritor e psiquiatra judeu, que foi vítima de campos de concentração por ocasião da 2ª Guerra Mundial.
Em seu livro “Em busca de sentido” Frankl ensina o que concluiu sobre como o ser humano funciona ao observar a si mesmo e as demais pessoas em situações-limite, entre a vida e a morte, no auge do desespero e da humilhação. Ele constatou que as pessoas que sobreviveram ao holocausto dos campos de concentração foram aquelas que possuíam algo para fazer em seus futuros: uma obra para acabar, um filho ou neto para criar, uma descoberta científica para divulgar à humanidade. Ele mesmo impediu vários amigos de dar cabo da própria vida no campo de concentração ao lembrá-los o que eles possuíam para fazer em seus futuros..

 

Acontece que em nossa sociedade boa parte da busca do propósito do ser humano está correlacionada com o trabalho. Portanto, o que você faz para ganhar a vida pode ser muito mais que isso: pode representar o legado que você está deixando para a sociedade e fonte de sentido de sua existência.

 
CONTINUE LENDO…